ARQUIVO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TECNOLOGIA ASSISTIVA

A tecnologia assistiva é um conceito novo, visa obter mais qualidade de vida para pessoas com deficiências fornecendo recursos e serviços que contribuem para a inclusão.

Recursos:

Podem ser simples objetos (andador, bengala) até um sistema computadorizado para um cego poder digitar em um notebook. Existe uma infinidade de objetos, como brinquedos, chaves, roupas, próteses e até carros.

Serviços:

São profissionais que dispõe sua capacidade para atender as pessoas com deficiência (Terapia ocupacional, fisioterapia, engenharia, design, arquitetura etc).

No Brasil, o Comitê de Ajudas Técnicas propõe a seguinte definição para a TECNOLOGIA ASSISTIVA:

"Tecnologia Assistiva é uma área do conhecimento, de característica interdisciplinar, que engloba produtos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que objetivam promover a funcionalidade, relacionada à atividade e participação de pessoas com deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida, visando sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social".

Confira as 11 categorias da Tecnologia Assistiva:

1 – Auxílio para a vida diária

2 – Comunicação aumentativa

3 – Acessibilidade ao computador

4 – Controle de ambiente

5 – Projetos arquitetônicos para acessibilidade

6 – Órteses e próteses

7 – Adequação postural

8 – Auxílios de mobilidade

9 – Auxílio para cegos

10 – Auxílio para surdos

11 – Adaptações em veículos

A impressão 3D (prototipagem rápida) fornece seus benefícios para a TA principalmente na construção de próteses e órteses, disponibilizando medidas precisas para cada indivíduo. Partindo de imagens médicas digitais é possível fabricar peças complexas em uma semana. "É muito mais rápido e seguro em termos de possíveis contaminações e infecções", declarou Maciel. A Unicamp é a primeira instituição de ensino e pesquisa do hemisfério sul a receber um equipamento desse porte.

Veja a prototipagem rápida ajudando na produção de próteses:

O conceito de biofabricação utiliza técnicas de engenharia para a construção desses materiais em três dimensões, a peça fabricada em uma impressora 3D possui um custo final menor e fator customização muito maior.

A Agil 3D realiza investimentos para acompanhar essa tendência na área da saúde, com desenvolvimento interno e capacidade analítica de alta definição. Nossa infraestrutura está entre as melhores do país, fornecendo desenhos, manuseio e precisão nas impressões 3D. Abrindo também o diálogo entre seu departamento de projetos e os profissionais das áreas envolvidas em desenvolvimento como designers, engenheiros, médicos, pesquisadores e organizações.

Em tempos de discussão da acessibilidade e mobilidade para pessoas com deficiência, o tema Tecnologia Assistiva insere-se prioritariamente nas conversas, discussões, TV e escolas. Precisamos, portanto, que haja uma padronização nos termos adotados, principalmente na prestação de serviço e desenvolvimento das tecnologias para essas pessoas.